terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Dando um tempo na TV até 2020, Gloria Pires fala de seu primeiro projeto como produtora de cinema


Com uma licença compulsória de dois anos imposta pela Globo para não desgastar sua imagem, Gloria Pires aproveita para canalizar suas energias em outros projetos. E no momento o cinema é prioridade. Ela acaba de encerrar as filmagens de “A Suspeita”, que além de tê-la como protagonista marca sua estreia como produtora. O longa tem direção de Pedro Peregrino e conta a história de Lúcia (Gloria Pires), uma comissária exemplar da Polícia Civil do Rio de Janeiro que, em meio a uma investigação sobre um grande traficante, encontra indícios de que alguns de seus colegas policiais podem estar envolvidos em um esquema de corrupção. Lúcia tem Alzheimer, o que torna seu trabalho e sua vida muito mais desafiadores. Soma-se ao elenco Charles Fricks (de “Quase Memória”).


“A Suspeita” também marca a estreia de Peregrino na direção de ficção. Ele dirigiu a série “Segredos de Justiça” no Fantástico, também estrelada por Gloria. Segundo ele, as protagonistas dos dois projetos interpretadas por Gloria têm algo em comum: “Elas têm um senso de justiça muito marcante, embora muito distintos”. Foi justamente no final das gravações da segunda temporada da série do Fantástico que Pedro a convidou para produzir e atuar em “A Suspeita”. “Desde muito tempo me interesso por produção. Fazer a história caber no orçamento sem abrir mão de qualidade, foi o principal objetivo. Minha parceria com a produtora Formata foi harmoniosa e de muita confiança. Estou muito confiante de que realizamos algo bom”, contou Gloria ao Glamurama, após finalizar o projeto. “Nosso mercado está bastante aquecido. Todo mundo está produzindo muito e isso só faz tudo ficar melhor”, completa. As filmagens começaram no início de outubro. 

Feliz com o resultado, a atriz afirma ser o começo de uma nova fase em sua carreira: “A experiência foi tão boa, que me animou a produzir outros projetos. Já tenho alguns em andamento.” 

Com roteiro de Thiago Dottori (“Turma da Mônica – Laços”, “Vips”), o elenco conta ainda Gustavo Machado (“Chacrinha: O Velho Guerreiro”, “Elis”), Bukassa Kabengele (“Os Dias Eram Assim”), Daniel Bouzas, Júlia Gorman, Joelson Medeiros, Kizi Vaz, Paulo Vespúcio, Genézio de Barros e Alexandre Rosa Moreno. 

Em tempo: Gloria só volta para as novelas em 2020, no terceiro remake de “Éramos Seis”, na pele da icônica matriarca Dona Lola.

Fonte:

Nenhum comentário: