quinta-feira, 17 de julho de 2014

Antes e Depois: Ana Pires de Morais faz homenagem à Mamãe Gloria Pires

Recentemente a filha mais nova da atriz Gloria Pires postou em seu Instagram uma foto atual ao lado da mamãe famosa. Ana Pires de Morais dessa vez publicou uma foto quando era bem mais nova tendo seus cabelos arrumado por Glorinha, essas duas são mesmo muito fofas. (MGP)

Fotos: Reprodução Instagram



terça-feira, 15 de julho de 2014

Gloria Pires e Orlando Morais comentam sobre os 120 anos da Torre Eiffel no Bom Dia Brasil - 2009

Confira o vídeo do Bom Dia Brasil com participação de Gloria Pires e Orlando Morais, eles que na época moravam em Paris,  comentaram sobre os 120 anos da Torre Eiffel.

 

Fonte:
Memorial Gloria Pires
Karine Veiga

terça-feira, 8 de julho de 2014

Página do blog posta fotos exclusivas no Facebook

Amig@s Glorios@s,

Selecionamos algumas fotos que postamos com exclusividade na página que o blog 'Memorial Gloria Pires' tem no Facebook para deixar os seguidores sempre por dentro de todas as novidades. 
Todos os dias, mesmo quando não temos algumas notícias fazemos questão de passar por lá e deixar um abraço, um beijo e o desejo que vocês tenham um dia lindo. Para isso usamos de fotomontagens que são simples mas são feitas com carinho para vocês (vejam abaixo algumas), e claro, todas com a nossa querida Gloria Pires para alegrar o nosso dia.

Para quem não conhece ou ainda não curtiu a nossa página é só clicar no linka abaixo e conhecer


Em breve daremos uma nova biografia '40 Anos de Gloria' em uma promoção realizada na página do Facebook, boa sorte a tod@s. Grande abraço (Equipe MGP)


















sexta-feira, 4 de julho de 2014

Gloria Pires faz romaria em Goiás com a filha, Ana

Gloria Pires faz romaria rumo à Trindade (GO) e se orgulha dos 18 km percorridos: "Com muita perseverança, orando e agradecendo!"

Gloria Pires compartilhou um momento de fé com seus seguidores no Facebook nesta sexta-feira, 4. A atriz mostrou para seus fãs uma imagem em que aparece com a filha, Ana, e demais familaires, durante uma romaria em Trindade, Goiás. "Olá, pessoal! Ontem, minha filha Ana, familiares, amigas e eu, cumprimos um ritual de Fé e esperança: a rota dos romeiros rumo à Trindade. Durante 3h45m, percorremos os quase 18 quilômetros, com muita perseverança, orando e agradecendo! A festa do Divino Pai Eterno é uma experiência sem igual! Graças à Deus!!! GP", comentou, animada.

Fonte:

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Mudando de Conversa com Daniel Filho e Gloria Pires - 2008

Mudando de Conversa, com Daniel Filho e Gloria Pires, programa Daniel Filho, dirigido por Maria Lucia Rangel, produção Lereby. Exibido no Canal Brasil em 2008. Canal Lereby


Fonte:
Youtube (Canal Lereby)

terça-feira, 1 de julho de 2014

Cabocla (1979): Zuca é assediada e seu noivo Tobias a defende

Cenas da primeira versão quando Gloria Pires interpretou a caipira Zuca em 'Cabocla' (1979), novela escrita por Benedito Ruy Barbosa


Fonte:
Youtube (Canal 93Fr1)

sábado, 28 de junho de 2014

Links dos capítulos da novela 'Mulheres de Areia' - 1993

Mulheres de Areia é uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 18 horas, pela Rede Globo, de 1° de fevereiro a 25 de setembro de 1993. Foi escrita por Ivani Ribeiro, com colaboração de Sol ange Castro Neves e direção de Wolf Maya, Carlos Magalhães e Ignácio Coqueiro, com Wolf Maya na direção geral. O tema de abertura era "Sexy Yemanjá", interpretado por Pepeu Gomes. Contou com Glória Pires, Guilherme Fontes, Raul Cortez, Marcos Frota, Susana Vieira, Viviane Pasmanter, Humberto Martins, Eloísa Mafalda, Paulo Goulart, Nicette Bruno, Adriano Reys, Andréa Beltrão, Sebastião Vasconcelos, Laura Cardoso, Paulo Betti e Eduardo Moscovis nos papéis principais.


ABERTURA DA NOVELA MULHERES DE AREIA

CAPÍTULOS:
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20
21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30
31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40
41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50
51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60
61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70
71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80
81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90
91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100
101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110
111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120
121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130
131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140
141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150
151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160
161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170
171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180
181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190
191 | 192 | 193 | 194 | 195
FIM!


Fonte:
Upload e edição por Mario Filho
Dailymotion (Canal mamidogabi)

Sucesso de 1997, ‘Pequeno dicionário amoroso’ começa a ganhar sua continuação

Longa de Sandra Werneck vai contar com os mesmos protagonistas, em novíssimos verbetes

POR 


Em outubro, a diretora inicia a segunda rodada, que trará as gravações com Gloria Pires e Tony Ramos, também integrantes do filme original.

Gloria Pires quando gravou participação no filme em 1997


RIO — Dezessete anos depois de se conhecer e de viver todas as fases do amor — da paixão à separação —, o divertido casal de “Pequeno dicionário amoroso” ensaia uma volta. Anteontem, à beira de uma Lagoa Rodrigo de Freitas banhada pelo sol do inverno, Andréa Beltrão e Daniel Dantas sentaram à mesa de um “restaurante” para encarnar mais uma vez a arquiteta Luiza e o biólogo Gabriel, retomando o sucesso levado às telas por Sandra Werneck em 1997 e transformado em peça de teatro três anos mais tarde.
Há uma semana, a dupla de atores vem gravando “Pequeno dicionário amoroso 2”, dirigido pela mesma Sandra, agora em parceria com Mauro Farias, e com previsão de chegar aos cinemas em meados de 2015. Para Gabriel e Luiza, 15 anos se passaram desde a separação, que marca o final do primeiro filme. Desde então, não se viram mais. Luiza casou, constituiu família. Gabriel colecionou relacionamentos. A cena rodada na Lagoa é das últimas do novo roteiro. O reencontro do casal acontece bem antes, no velório de um amigo comum. Se a primeira história começa com um encontro num cemitério, na segunda, a situação se repete.
— Quis recomeçar no mesmo lugar — conta Sandra Werneck.
A diretora só pensou em retomar “Pequeno dicionário amoroso” há coisa de ano e meio. Antes disso, a ideia de dar prosseguimento à história nunca tinha lhe passado pela cabeça.
— Quando fiz o primeiro, eu estava me separando. Foi meio autobiográfico. Fiz o filme para resolver isso, para expurgar. Acho que ele tinha uma melancolia — diz a diretora. — Agora estou feliz, casada há dois anos. Vivo o momento oposto. Quando um casal se separa e cada um vai para um lado, é natural pensar no que aconteceu com eles. Foi esse pensamento que me fez voltar a Gabriel e Luiza. Na verdade, acho que eu pensava em mim mesma.

PAISAGENS EXUBERANTES

Assim como no anterior, “Pequeno dicionário amoroso 2” ampara a trama em verbetes e explora paisagens exuberantes do Rio. Se o primeiro desfilava o enredo por galerias do Museu Nacional de Belas Artes, pelo salão do Centro Cultural Banco do Brasil e pela vista noturna do mar de Copacabana, a continuação também vai tirar proveito de paisagens como a Lagoa, o Aterro do Flamengo e as praias. Os verbetes terão, entretanto, um tratamento mais livre.
— A proposta agora é tratá-los de forma mais solta. No primeiro, existia uma cronologia, seguia-se o desenrolar do relacionamento afetivo. Agora, eles vão ser aplicados conforme as situações — explica Sandra, para em seguida adiantar alguns verbetes: — Loucura, alucinação, purgar.


No desenrolar da nova história, escrita por Paulo Halm (roteirista da versão original, ao lado de José Roberto Torero) e Rita Toledo, o amor do casal maduro, agora por volta dos 50 anos, ganha também outros personagens. Os filhos de ambos. Pedro (Miguel Arraes), de 13 anos, filho de Luiza, e Alice (atriz ainda a ser definida), de 20, filha de Gabriel. A partir deles, entra em cena o amor das novas gerações, com novos códigos de conduta e um novo vocabulário. “Pequeno dicionário amoroso”, afinal, é anterior à explosão da internet e das redes sociais. O amor de Gabriel e Luiza é do tempo em que celular era um tijolão que mal cabia na bolsa, palavras como estreia ainda tinham acento agudo e fumar um cigarro não causava constrangimento algum.
Em função da ampliação do universo — e do discurso— amoroso, com as histórias de Alice e Pedro e com modelos de relações modernas, Sandra buscou a parceria de Mauro Farias (diretor de “O diário de Tati” e de programas de TV como “Sob nova direção” e “Casseta & Planeta, Urgente!”) para a direção. Os dois trabalham juntos pela primeira vez.
— Eu não queria fazer o filme sozinha, e o Mauro me oferece um olhar masculino — ela diz.
Farias parece à vontade. Não fez parte do primeiro filme, não foi marcado pelo trabalho, mas é da turma. Conhece Sandra há muito tempo, é cunhado de Andréa Beltrão e amigo de Dantas.
— É claro que esse é um projeto da Sandra, ideia dela, e esse espaço artístico precisa ser respeitado. Mas não temos tarefas divididas, e a parceria tem fluído muito bem — afirma ele.
Os dilemas dos mais novos são apresentados, mas as questões do par mais velho também se impõem: é possível amar na maturidade com a mesma intensidade de quando se é jovem? A nova geração, na opinião dos dois diretores, tem menos constrangimentos. Um beijo não significa compromisso. E o objeto amoroso pode variar de gênero. Menino ou menina.
— Esse é um novo filme. E tem um novo léxico — diz Farias.
Nessas duas décadas — o projeto começou em 1994 —, não foi apenas Sandra que não tinha pensado em retomar a história:
— Fiquei um tempo com medo de ler o roteiro. Sei lá, medo de a coisa não acontecer — entrega Dantas.
Daniel Dantas conta que a experiência de integrar “Pequeno dicionário amoroso” foi marcante. E não só por ter sido Gabriel seu primeiro protagonista no cinema.
— O filme começou como um curta. Eu e a Andréa fomos dois do que botaram muita pilha, acreditando que a história tinha fôlego para crescer — conta o ator, que ficou amissíssimo da parceira de cena e é padrinho do filho caçula da atriz.
Para Andréa, o filme, que levou cerca de 500 mil espectadores aos cinemas, cruza com sua história pessoal. Ela ficou grávida de seu primeiro filho, Francisco, no meio do caminho. Então, as filmagens foram retomadas depois. Mais tarde, pensou-se em gravar um segundo final. E ela estava novamente grávida.
— Quando a Sandra me chamou agora, me disse logo: vê se não engravida! — conta Andréa, aos risos. — Agora acho que não corro esse risco.

FILMAGEM EM ETAPAS

Ela não engravidou, mas, por causa de seus compromissos, fez Sandra optar por filmar em duas etapas. Uma agora, para aproveitar as férias de duas semanas que a atriz tem da TV. Em outubro, a diretora inicia a segunda rodada, que trará as gravações com Gloria Pires e Tony Ramos, também integrantes do filme original. O elenco vai ganhar ainda a presença de Du Moscovis, Camilla Amado e Marcelo Airoldi.
Andréa reviu o filme original outro dia. A sensação, diz, é curiosa:
— É estranho. Não me percebia tão jovem. Eu vi a passagem do tempo no meu rosto...
Já Daniel Dantas não quis revisitar a história. Buscou nele mesmo o tom que achava que Gabriel teria mais velho. Mas também não nega uma certa estranheza.
— Ela reside no fato de você não ser mais o que já foi.
“Pequeno dicionário amoroso” terminava com o fim da relação de Gabriel e Luiza. Mesmo assim, era um filme esperançoso, de aposta no amor. Para o ator, a história é otimista:
— Não é um filme sobre a impossibilidade do amor, mas sobre as suas muitas possibilidades.
Sandra promete que a continuação será assim.

SUCESSO AFETIVO DE UMA GERAÇÃO

“Pequeno dicionário amoroso” estreou em 1997 nas telas brasileiras, concluindo um projeto iniciado pela diretora Sandra Werneck em 1994. Com roteiro de Paulo Halm e José Roberto Torero, o filme narrava a história de dois jovens, que se conhecem por acaso e acabam por se apaixonar. A cronologia do relacionamento, do início ao seu fim — é amparada por verbetes como atração, cio, caça, dúvida, marasmo. Uma espécie de roteiro amoroso de A a Z.
O filme fez sucesso e caiu no gosto do público,tanto pela abordagem espirituosa das relações amorosas, como pela verdade dos personagens, defendidas pelos bons desempenhos de Andréa Beltrão e Daniel Dantas. Sem falar na sucessão de belas imagens do Rio de Janeiro que embalavam a história do casal. De quebra, ainda tinha Ed Motta na trilha sonora.
A trajetória afetiva do casal era toda pontuada por intervenções um tanto bem-humoradas feitas pelos melhores amigos da dupla, vividos por Tony Ramos e Mônica Torres. Ambos muito críticos em relação ao amor e ao ideário romântico. A produção contava ainda com uma participação curta e luxuosa de José Wilker como o advogado de Dantas, que, no início da trama, se separava da primeira mulher, vivida por Gloria Pires.

Fonte:
O Globo - Filmes

domingo, 22 de junho de 2014

Gloria Pires e Orlando Morais no Uruguay em 1990 (Verano 1990)

Vídeo de 1990 de uma rápida entrevista que Gloria Pires e Orlando Morais fizeram no Uruguay. Glorinha tinha feito 'Vale Tudo', seu mais recente trabalho na época.
Descrição do vídeo: Gloria Pires en Punta Del Este - Uruguay junto a su esposo en nota realizada en Verano de 1990.
O vídeo com Gloria e Orlando vai até 5':17''


Fonte:
Youtube (Canal Daniel Marino)

Especial 'Desejos De Mulher' (2002): Cenas extras com Gloria Pires e o último capítulo na íntegra

Gloria Pires em diversos momentos na novela 'Desejos De Mulher' (2002)

Desejos de Mulher é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no horário das 19 horas, entre 21 de janeiro a 23 de agosto de 2002, em 185 capítulos , substituindo As Filhas da Mãe e sendo substituída por O Beijo do Vampiro.
Foi escrita por Euclydes Marinho, baseado no livro 'Fashionably Late' de Olivia Goldsmith, com a colaboração de Angela Carneiro, Denise Bandeira, João Emanuel Carneiro, Vinícius Vianna e Graça Motta, com direção de Dennis Carvalho, José Luiz Villamarim e Amora Mautner, direção geral de Dennis Carvalho e José Luiz Villamarim e direção de núcleo de Dennis Carvalho, é a 63ª "novela das sete" a ser exibida pela emissora.
Elenco: Gloria Pires (Júlia Moreno), Regina Duarte (Andréa Vargas), Cássio Gabus mendes (Renato), Eduardo Moscovis (Chico Maia), Herson Capri (Diogo Valente) entre outros.
Para conhecer mais sobre a novela clique AQUI, e para ver o que já publicamos no blog sobre 'Desejos de Mulher', clique AQUI. Os nossos agradecimentos especiais aos amigos Alexsandro Silva e Elizeu Almeida por compartilharem essas raridades. (MGP)

Chamada de elenco, estreia da novela


Abertura da novela


Chamada de estreia com Júlia Moreno


Chamada do 2º capítulo: Júlia e Andrea


Cenas com Renato e a briga com Andrea Vargas




Júlia descobre que Renato voltou a andar 


Cenas de Júlia com Chico e Renato




Júlia e Chico




Júlia e Chico



Júlia e Chico


Júlia faz escândalo na peixaria


Cenas de Júlia com Renato e Chico 




Júlia, Andrea e Chico




Júlia e Chico + Extras: Cenas de 'Anjo Mau'




Chico Maia sente ciumes de Júlia com Alex


Último capítulo de 'Desejos De Mulher' na íntegra




Fonte:
Dailymotion
Wikipédia
Youtube

sábado, 21 de junho de 2014

Gloria Pires já lê capítulos de nova vilã na TV

Gloria Pires em cenas da novela 'Guerra Dos Sexos', seu último trabalho na TV.

Por: Equipe Anna Ramalho
Gloria Pires já se prepara para voltar ao trabalho. A atriz só retorna ao ar em março do ano que vem na novela “Babilônia”, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, mas acabou de receber a sinopse da trama, que substituirá “Império” na faixa das 21h. Ela já leu o material e, em breve, vai ler os primeiros capítulos da personagem, uma vilãzona daquelas! As gravações vão começar no fim de outubro e Glória está empolgadíssima.

Fonte:

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Fotos com Gloria Pires




Desejos De Mulher (2002): Júlia (Gloria Pires) descobre que Renato (Cássio Gabus) voltou a andar

Cenas com Gloria Pires e Cássio Gabus Mendes na novela 'Desejos De Mulher' (2002), na ocasião a jornalista Júlia descobre que Renato mentiu mais uma vez. Para quem quiser matar a saudade tem também uma rápida cena com Regina Duarte (Andrea Vargas) e Eduardo Moscovis (Chico). Vale a pena ver de novo, vídeo recuperado dos arquivos de Elizeu Almeida. 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Gloria Pires prestigia a estreia da peça 'Belle'

Gloria Pires e outros famosos prestigiaram na noite desta sexta-feira, 13 a estreia da peça "Belle" da Companhia de Dança Deborah Colker, no Theatro Municipal.




Fonte:

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Tudo sobre o final de Cabocla (1979): Um balanço completo.

Arquivos gentilmente cedidos por Césio Gaudereto (Revista Amiga e Novelas)
Revista Amiga TV Tudo, Edição 501 (20 de Dezembro de 1979)

Clique nas imagens para ampliar







segunda-feira, 9 de junho de 2014

Gloria Pires no 'Estrelas' em 2009

E para completar as participações da atriz Gloria Pires no programa 'Estrelas' apresentado pela Angélica, temos na íntegra o que foi ao ar em 2009. Os nossos agradecimentos ao amigo Alexsandro Silva por ter disponibilizado novamente em seu canal no Dailymotion. Confiram abaixo do vídeo o link para todos os outros programas 'Estrela' que Glorinha participou. (MGP)



Vejam também:


Agradecimentos: Alexsandro Silva

domingo, 8 de junho de 2014

Extra Oficial “Babilônia” : Gloria Pires começa a se preparar para dar vida a uma mulher ninfomaníaca.

O Blog Memorial Gloria Pires divulga essa nota como extra - oficial, ainda não há muitas informações sobre o perfil dos personagens e sinopse.

Gloria Pires em foto recente no RJ (Reprodução Facebook)
Em “Babilônia”, uma das próximas novela das 21h que Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga escrevem. A atriz Gloria Pires começa a se preparar para dar vida a uma mulher ninfomaníaca que mata seus parceiros após o ato sexual. Atriz será será uma das vilãs da novela. A atriz comentou sobre sua personagem  “Me mandaram a sinopse no final de março e não sei o que posso divulgar sobre a história. Nunca fiz uma devoradora de homens. Posso dizer que adorei”, adianta a veterana.
”Babilônia”,tem estreia prevista para 2015 logo após o Carnaval substituindo a trama de Aguinaldo Silva que substituira ”Em Família.
Fonte:
Audiência TV Mix
Foto: Página Oficial Facebook/Gloria Pires

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Gloria Pires - No embalo do samba

Maria Rita, a cantora, recebe o abraço de Gloria Pires, a grande atriz, após o show de sua turnê “Coração a batucar” no Citibank Hall, no Rio. Lançado em abril, o álbum já vendeu mais 40 mil cópias. Que sucesso!



Fonte:

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Cleo Pires compara a mãe, Gloria Pires, com a irmã caçula, Ana Morais

"Cara da Ana Morais, meu bebê, nessa foto", comentou Cleo Pires, na foto que postou de sua mãe. 


Que as filhas de Gloria Pires se parecem com ela ninguém duvida. Até Cleo Pires, a filha mais velha da atriz, comentou a semelhança da mãe com a caçula da família, Ana Morais, de 13 anos. Em foto publicada no Instagram nesta sexta-feira, 30, Cleo disse: "Meu brilhante, Gloria Pires. Cara da Ana Morais, meu bebê, nessa foto"

Antônia Morais, de 21 anos, comentou a foto da irmã. "Tão fofa", escreveu ela em inglês.



Fonte:

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Gloria Pires no Programa 'Arte com Sérgio Britto' (TV Brasil)


Especial com Gloria Pires

Atriz revela os bastidores de sua vida artística, que começou aos seis anos de idade


Exibido originalmente em 20/11/2010 (TV Cultura)
Agradecimentos: Alexsandro Silva








Fonte:
Dailymotion (Por Alexsandro Silva)
Foto: Arquivos Memorial Gloria Pires 

domingo, 25 de maio de 2014

Gloria Pires no programa 'Mais Você' em 2009

Dividido em duas partes, os vídeos mostra a atriz Gloria Pires falando sobre a carreira de atriz, de cantora e comenta sobre os seus trabalhos no cinema. Imperdível, diretamente das relíquias do nosso amigo Alexsandro Silva.










Agradecimentos:
Alexsandro Silva (Dailymotion)

sábado, 24 de maio de 2014

Gloria Pires: "Caetano Veloso é minha grande paixão"

Revista Sétimo Céu, Edição nº 347 - Março de 1985
Agradecimentos: Césio Gauderetto (Revista Amiga e Novelas)

Clique nas imagens para ampliar