segunda-feira, 24 de junho de 2019

Gloria Pires volta ao cinema na pele de uma policial com alzheimer: "Foi bem puxado, mas apaixonante"

Fonte: Link Original - Cena Pop 

Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer - Foto: Reprodução/Instagram
Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer – Foto: Reprodução/Instagram
Glória Pires está com tudo neste 2019. A atriz voltará às novelas na pele da icônica Dona Lola, de Éramos Seis, e também dará as caras no cinema,
Ela produz e protagoniza o filme A Suspeita, em que interpreta uma policial que começa a sofrer os efeitos do Mal de Alzheimer. O longa é dirigido por Pedro Pellegrino.

“É meu primeiro longa como produtora ao lado da [produtora] Formata. A direção é do Pedro Peregrino, baseado em uma história original do Luiz Eduardo Soares, com roteiro do Thiago Dottori. Foi um trabalho intenso. A gente ensaiou por um mês e rodou em um mês. Foi bem puxado, mas totalmente apaixonante”, explicou a atriz em entrevista a Revista Quem.
No bate-papo, ela contou um pouco sobre sua personagem: “É um drama policial. Minha personagem é uma comissária que está prestes a se aposentar e já sabe que tem Alzheimer. Ela prepara a saída dela de campo. Nesse momento acontece uma reviravolta em um caso que está investigando e tchan-tchan-tchan… Não posso adiantar”, disse ela, fazendo mistério.
Glória também falou sobre como foi a preparação para interpretar a personagem. “A consultoria muito importante, tanto na parte do texto, como de logística. Fomos a delegacias conversar com inspetores, delegados, investigadores. As pessoas foram incríveis e falaram, inclusive, de questões pessoais”.

Estudando a personagem

Além disso, ela também comentou a importância de Lúcia, sua personagem, na dinâmica da história. “O filme tem um enfoque em cima dessa mulher que interpreto. Ela tem um cargo de grande importância na polícia civil. Era importante que a gente entendesse a hora que o policial vai para casa e precisa lidar com seus problemas pessoais. A gente teve grande apoio da polícia civil. A estreia está prevista para o segundo semestre”, comentou.
A atriz enfatizou que essa é a primeira vez que ela trabalha como produtora em cinema – e que teve muita dor de cabeça.”Por outro lado, tem muito mais a sua marca. Era por esse viés que eu estava interessada em produzir, para mexer com o conteúdo, com a história, com a escolha dos profissionais que estariam conosco no filme”.
Questionada se o atual momento atual para as mulheres no cinema é mais propício, a veterana não titubeou: “Sim. E não somente na questão das histórias serem contadas por diretoras e produtoras, mas o cinema agora oferece mais histórias com a mulher como protagonista. Já era um hábito ter o homem contando a história. O Pedro Peregrino foi um parceiro maravilhoso. Temos uma sintonia rara de acontecer. Durante a história toda tivemos o ponto de vista da mulher. Estou bem feliz com o filme, estudei bastante”, enfatizou.
Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer - Foto: Reprodução/Instagram
Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer – Foto: Reprodução/Instagram

Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer - Foto: Reprodução/Instagram
Glória Pires volta ao cinema na pele de uma policial com Alzheimer – Foto: Reprodução/Instagram

Nenhum comentário: