terça-feira, 15 de abril de 2014

Diretor levou Gloria Pires a hospital psiquiátrico para fazer cinebiografia

Maria Angélica Oliveira
Do UOL, em São Paulo


O diretor Roberto Berliner passou algumas semanas morando numa casa em Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro, ao lado do hospital psiquiátrico Pedro 2º, para filmar um longa sobre a vida de Nise da Silveira, uma psiquiatra que foi pioneira nos anos 1940 ao tratar pacientes por meio da arte.
Gloria Pires interpreta a médica, que era discípula do psicólogo Carl Gustav Jung. "Ela se depara com uma realidade absurda, um mundo machista dominado pelo eletrochoque."
Com vários documentários no currículo, a biografia de Nise da Silveira foi o primeiro projeto de ficção de Roberto. No entanto, acabou sendo uma experiência parecida com o que estava acostumado, já que o cineasta levou seus atores --incluindo Glória Pires-- para dentro do hospital.
"Entrei num outro universo. Era quase como se fosse um documentário. Fizemos um laboratório durante seis semanas. Os atores ficaram dentro do hospício, a gente se relacionou com os pacientes, e essa mistura foi uma coisa muito intensa", conta.
A convivência com médicos e pacientes virou amizade, e vários acabaram ajudando na produção e na figuração. Roberto saiu do hospital emocionado com a relação direta e sem filtro com quem tem uma doença mental.
"Nervos à flor da pele, foi lindo, dificílimo, incrível", define. "Nise da Silveira - A Senhora das Imagens" está em fase de montagem e deve ficar pronto no início do segundo semestre. Ainda não há data prevista para a estreia.
Fonte:

Nenhum comentário: