sábado, 31 de outubro de 2015

"Nise" leva troféu de melhor filme em Tóquio; Glória Pires é premiada

O cineasta Roberto Berliner recebe o Grand Prix do Festival de Cinema de Tóquio por "Nise - Coração da Loucura" 
O filme "Nise - O Coração da Loucura", de Roberto Berliner, venceu neste sábado (31) o Grand Prix de melhor filme do 28º Festival de Tóquio. Glória Pires também levou o prêmio de melhor atriz por seu papel como a psiquiatra Nise da Silveira.
Divulgação/Facebook
Glória Pires como Nise da Silveira em cena do filme
No evento, Berliner destacou que a alagoana Nise (1905-1999) foi sua "heroína" e disse que ela não era muito conhecida quando começou a fazer o filme, há três anos. "Era minha responsabilidade mostrar a história dela para o mundo", disse ele, que recebeu o troféu das mãos da atriz japonesa Kiwa e foi recepcionado pelo diretor norte-americano Bryan Singer, presidente do júri do festival. Glória Pires não estava presente no evento.
O longa aborda um período de cerca de uma década no qual Nise é reintegrada ao serviço público e vai cuidar dos internos do Cento Psiquiátrico Pedro 2º, no Engenho de Dentro, no Rio. A partir dos anos de 1940, a médica propôs aos pacientes atividades lúdicas, como pintura e cuidados de animais domésticos. A proposta, recebida como atitude comunista pelos colegas, chocou as alas mais conservadoras da psiquiatria tradicional, que defendiam métodos como eletrochoque e lobotomia.
"Nise - O Coração da Loucura" teve sua estreia internacional em Tóquio, e foi exibido em outubro no Festival de Cinema do Rio de Janeiro. O filme ainda não tem previsão de lançamento comercial.
Fonte:

Um comentário:

Carlos Santos disse...

Quem sabe rumo ao Oscar 2017