terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Norma é roubada pela ‘amiga’ Dalva, que morre

Norma é roubada pela ‘amiga’ Dalva, que morre: ao ir ao IML reconhecer o corpo da traidora, avista Leo, mas ele consegue escapar

Depois de ser enganada por Leo (Gabriel Braga Nunes) em "Insensato coração", Norma (Gloria Pires) perderá de vez a confiança nas pessoas após descobrir que Dalva (Suzana Ribeiro), a quem considerava sua única amiga, não vale nada. E a história entre Norma e Leo será bem agitada nos próximos capítulos, com direito a traição, assassinato e um encontro totalmente inesperado.
Nesta sexta-feira, Dalva visita a enfermeira na cadeia e promete arrumar-lhe um advogado, mas manda Celso (Marcelo Várzea), seu namorado, fingir ser o profissional. "Essa Norma é uma idiota, vou te contar! Acreditou no safado que deu o golpe nela, acredita em você, em mim... Vai ser burra assim nos quintos dos infernos!", dirá Celso, depois de se encontrar com Dalva.
Para ter acesso ao dinheiro da enfermeira, o falso advogado dirá que precisa de verba para contratar um detetive. Norma dá sua senha do banco à amiga, para que Dalva transfira o dinheiro. Na conta, ela guarda R$ 15 mil para sua aposentadoria, que serão roubados por Dalva, no capítulo da próxima terça-feira. Mas a traidora também terá o seu castigo: será assassinada pelo namorado! Eles estão fugindo $a grana e o bandido a joga para fora do carro, no meio da estrada. Dalva tenta lutar, mas não tem forças. "Morre! Morre, sua baranga! Otária!", ele dirá, antes de ela rolar por um barranco e morrer em seguida.
Norma se desespera ao saber da morte, mas entra em choque ao perceber o que aconteceu. O delegado mostra o vídeo de segurança do banco e conta que Celso é um golpista profissional que se chama João Quaresma. Sozinha e abandonada, Norma será condenada a cinco anos.
— Vai ser uma reviravolta surpreendente. As pessoas vão se assustar. É uma mulher simplória que acaba envolvida numa história doida. Pagará pelo que não fez. E, dentro da cadeia, acaba criando a estrutura para a sua vingança — diz Gloria Pires.
E o coraçãozinho de Norma ainda terá que aguentar mais uma grande emoção na semana que vem. Ao chegar ao IML para reconhecer o corpo de Dalva, a enfermeira avista Leo no banco do carona de um carro parado no sinal. "Seu desgraçado, vou te pegar!", dirá, antes de correr alucinadamente em direção ao carro. Os policiais vão atrás dela, achando que a prisioneira está fugindo. Nervoso, Leo pisa no pé de Afrânio (Nelson Diniz), que dirige o carro, e acelera o veículo, quase provocando uma batida. E Norma volta para a delegacia bastante encrencada. Sua única esperança é que a polícia encontre Leo procurando pela placa do carro. Mas de nada adianta: a chapa é fria. Depois de tantas decepções, não tinha mesmo como essa mulher continuar uma pobre indefesa.

Fonte de pesquisa:

Extra

Nenhum comentário: