sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A paz refletida em seu rosto acalenta e conforta...

Sarah Dantas é daquelas fãs de Gloria Pires que desde criança começou acompanhar o trabalho da atriz, nessa história o maridão da atriz chegou primeiro conforme relatou com exclusividade ao Memorial: "Por incrível que pareça, não foi a Gloria quem mais me chamou atenção. Meu amor, inicialmente, concentrou-se em uma voz. Uma música – Na Paz – que até hoje é a minha preferida, apresentou-me um poeta: Orlando Morais" diz em relação a novela Desejos de Mulher que Orlando cantava o tema de um dos personagens da novela que Glorinha participou.
Apaixonada pelo fascinante mundo da televisão não perde nada que conte com Gloria no elenco e nutre profunda admiração não só pela atriz, mas pela mulher, mãe e amiga que Gloria representa na vida de Sarah, isso sem contar que também é uma grande admiradora do trabalho de Orlando Morais. Acompanhem a seguir o que ela tem a dizer...

A paz refletida em seu rosto acalenta e conforta
Por Sarah Dantas Rabelo Mota


Desde criança sou totalmente fascinada por televisão. As cores, os sons, as imagens, tudo sempre me atraiu. Lembro-me de assistir, ainda uma pirralha, à novela Desejos de Mulher. Encantei-me pelo casal Chico e Júlia. Mas, por incrível que pareça, não foi a Gloria quem mais me chamou atenção. Meu amor, inicialmente, concentrou-se em uma voz. Uma música – Na Paz – que até hoje é a minha preferida, apresentou-me um poeta: Orlando Morais. A partir de então, comecei a escutar suas músicas e a colocá-las como trilha sonora da minha vida. Em 2003, com a reprise de Anjo Mau, a Glorinha passou a ser alvo de todas as minhas atenções. Sofria com a Nice como se ela de fato existisse e a sua dor fosse verídica. Acompanhava sem exceção todos os capítulos e observava minuciosamente a atuação de Gloria Pires. Parecia tão real... Talvez por isso passei a enxergar aquela trama como parte da minha vida. Qual não foi a surpresa quando descobri que aquela atriz que eu tanto admirava era esposa do meu cantor favorito! Passei então a pesquisar mais e mais sobre ambos e a acompanhar todos os trabalhos da Gloria. Totalmente dispensável dizer que fiquei completamente encantada com a vida daquela mulher. Carreira impecável, família unida e feliz, um casamento repleto do mais puro e nobre amor e uma vida de sucessos. Apesar de levar uma vida de sonho, de ser admirada por todos e representar o ideal de toda mulher brasileira, sua marca principal é a simplicidade. Humilde, não se deixa levar pela fama. Sabe controlar, com gigantesca elegância, o orgulho e a vaidade que muitas vezes toma conta de quem leva uma vida de estrela.
No dia 20 de agosto de 2011, exatamente às 07h12min da manhã de um sábado nublado, desembarquei no aeroporto Santos Dumont, Rio de Janeiro, acompanhada da minha mãe e da minha tia. Ainda sem acreditar no que estava para acontecer. Minutos após recebi o telefonema tão aguardado do Eduardo Nassife, que me explicou onde nos concentraríamos para irmos, juntos, ao grande encontro com a grande estrela Gloria Pires. A essa altura, já havia conhecido os queridíssimos Elizeu e Cínthia, que estavam no mesmo hotel que eu. Subimos para porta do hospital Copador onde a maioria dos amigos já nos esperava. Eu nem acreditei, estavam todos lá, em carne e osso. Eduardo, Jéssica, Josué, Francis, Val, Mildred, Fabiano, Helen e Tathya. Minutos depois, o Alexsandro e o Fábio Fabrício chegaram para completar o grupo, que ainda ganharia, mais tarde, a presença do Vinny. De táxi, fomos para o local do encontro; todos animados, ansiosos e abraçados aos seus livros “40 anos de Gloria”. 
Chegando lá, ficamos impressionados com a beleza do lugar; era totalmente diferente de tudo que eu já tinha visto. Depois de alguns minutos de espera, regados com muita conversa e risada, ela chega. Cabelo preso, jeans, blusa estampada, e com uma bolsa azul e o com o Padilha. Sorridente, com aquelas covinhas que lhe são peculiares, ela já chegou agradecendo as palmas que demos assim que a vimos. Sentou na cadeira ao centro e perguntou logo sobre o que tínhamos achado do último capítulo da novela Insensato Coração. Esse, obviamente, tinha sido o assunto mais comentado entre nós durante o trajeto, já que a novela tinha acabado no dia anterior. Depois de um rápido papo, ela, juntamente com os autores Eduardo Nassife e Fábio Fabrício Fabretti, autografou os livros. Recebeu presentes, deu risada e foi o tempo todo muito, mas muito simpática. Logo depois foram as fotos. Com paciência, atendeu a todos e não se incomodou com os flashs. Minha tia, muito ansiosa, pedia sem parar que eu fosse pra perto da Gloria tirar uma foto sozinha com ela. Incrivelmente calma, disse a ela que tivesse paciência. Qual não foi a surpresa quando vi que a Glorinha estava olhando aquilo tudo! Meio moleca, deu uma piscada e sorriu pra mim. 


Não me lembro quem, pediu que eu tirasse uma foto dele com a Gloria, levantei a câmera e paguei o maior mico. Tremia sem parar, tamanho o nervosismo de estar de frente com a minha estrela. Ela fez uma carinha de “ai que fofo!” e disse: “Ai, que bonitinha, ta tremendo!”. Eu estava literalmente no paraíso. Na foto coletiva, ela olhou pra mim e disse “quem já nasceu de salto tem que ficar mais atrás!” e piscou novamente, arrancando gargalhadas de todos. Antes de ir embora, ela se despediu de todo mundo, com abraço, beijo e um belo sorriso. Quando a abracei, só conseguir dizer: “sou sua fã, te adoro demais, meu Deus, como eu te adoro!”. E ela respondeu “Muito obrigada pelo carinho, de verdade, de coração!”. E aquilo foi sincero e foi bonito. O olhar dela mostrava isso. Engraçado ver uma artista de tamanho porte ser tão sinceramente grata aos seus fãs. Mesmo sem a Gloria, a farra continuou, muitas fotos e muitas conversas rolaram solto. Afinal, aquele era o nosso primeiro encontro “físico”, mas há mais de cinco anos já nos conhecíamos, conversávamos, trocávamos ideia e sonhávamos juntos. Parecia que nos conhecíamos há séculos. Na volta pra casa, uma chuva torrencial caía sobre o Rio de Janeiro. Passamos pela orla da praia e o meu coração explodia de felicidade. Que beleza de lugar, que beleza de dia, que beleza de amigos! Já no hotel, tomei um banho e lembrei de tudo que tinha acabado de viver. Não parecia real. Saímos pra lanchar e o clima do Rio corroborava com os nossos sentimentos. Eu estava em êxtase. Completa, feliz e realizada. Tinha conhecido a minha diva, de quem sou fã há anos, e a alegria que eu sentia parecia não ter fim. Depois de três dias na cidade maravilhosa, era hora de voltar pra casa. Dentro do avião, caiu a ficha. Comecei lembrar de todos os planos e conversas malucas que fiz com a Karine, como se o sonho de conhecer a Gloria Pires fosse algo distante, impossível. Mas tinha acontecido. De verdade. Não era um sonho. Quando eu me dei conta disso, me emocionei. E chorei.
Sabem o porquê de no fundo eu admirar e amar tanto esse ser provido de tanta generosidade? Não exatamente por considerá-la incrível, – o que não deixa de ser a mais profunda verdade – mas por gostar o suficiente de mim para querer ter como espelho alguém de tamanha nobreza de espírito. Ela é a Gloria. A minha, a sua, a nossa Gloria. A eterna “mãezinha” do Brasil, alguém que eu tenho como exemplo a ser seguido. Um exemplo de mulher, de mãe, de amiga e de profissional. Um exemplo de vida.


"Ping-pong" com Sarah Dantas Rabelo Mota
Para Sarah, Raquel é uma das personagens inesquecíveis da TV
Melhor novela/minissérie: Vale Tudo (1988) e Memorial de Maria Moura (1994)
Melhor filme: A Partilha (2001)Personagem inesquecível: Raquel (Mulheres de areia, 1993)Música/trilha que lembra a Gloria Pires: A Sua – Marisa MonteMelhor par romântico: Tony RamosCena inesquecível: Lúcia batendo a porta na cara de Antenor (Tony Ramos) – Paraíso Tropical (2007)Melhor vilã: Maria de Fátima Acioly (Vale Tudo, 1988)Melhor mocinha: Lúcia Vilela (Paraíso Tropical, 2007)Remake e personagem que gostaria de ver a Gloria: Dinah – A ViagemAtor que ainda não fez par romântico com a atriz: José MayerAchei um desperdício na TV: Inês / Lavínia – Suave Veneno (1999)Gostaria de ter visto no cinema: O Quatrilho (1995)Gosto de ouvir Glorinha cantando: O país das atrizesDefina Gloria Pires em uma frase: A paz refletida em seu rosto acalenta e conforta...

Conclusão:
Obrigado Sarah por sua importante participação, é conhecido de todos que você é uma das grandes fãs da Gloria Pires. Sua participação no Memorial só enaltece a nossa qualidade de fã. Muito obrigado
Grande Abraço;

Nenhum comentário: