segunda-feira, 30 de março de 2015

Saiba o segredo de Gloria Pires para se manter linda após os 50 anos

Por Odara Gallo, 


Intérprete da 'pegadora' Beatriz de Babilônia, Gloria Pires, 51 anos, aparenta ser bem mais jovem
O tempo passa e Gloria Pires continua bela. De volta à TV como a fria e interesseira Beatriz, de Babilônia, ela virou assunto pela boa forma que exibe aos 51 anos. O tratamento de medicina ortomolecular feito há mais de 20 anos com o médico João Curvo é um dos segredos da atriz para manter a aparência jovem e o corpo saudável. O profissional revela que suplementação de colágeno e alimentação à base de grãos integrais podem refletir em um rejuvenescimento de até 15 anos do organismo.
Nutrólogo com especializações em ortomolecular e acupuntura, Curvo cuida da saúde da atriz há 23 anos. Ele conta que desde 1992 ela reorganizou a alimentação. “Não costumo proibir nada. Sempre digo que tudo pode, mas nada muito. A Gloria não come alimentos processados, como salsicha, apresuntados, pois não dá para saber a procedência da carne, são alimentos que não trazem frescor”, explica. Outro alimento que não passa pelo prato de Gloria é carne vermelha, mas, segundo o médico, ela fez essa opção por conta própria. “Ela sente que fica pesada”, conta.
No almoço, a atriz gosta de incluir quinoa ou arroz integral, com peixe ou frango e não pode faltar salada. “Indico sempre misturar um sabor amargo com um mais adocicado na salada. Essa combinação diminui o estresse, a ansiedade e é refrescante”, diz Curvo.
Outro hábito saudável de Gloria Pires é comer de três a cinco frutas por dia, além de incluir cereais integrais nas refeições. Nos lanches, Curvo sugere um punhado de frutas secas ou castanhas, que são antioxidantes. “O gengibre também é bom. Principalmente para quem, como ela, trabalha com a voz. Evita pigarro, catarro, e favorece toda a circulação de líquidos. Sugiro o consumo na forma de chá com erva doce ou cidreira”, orienta Curvo.
Outros segredos da atriz são a diminuição do glúten na dieta (ela passou a comer tapioca no café da manhã) e terapia com acupuntura. “Sempre que ela vem na consulta, faz sessão de acupuntura para reestabelecer o equilíbrio energético”, conta.

Gloria Pires passeia com a filha em shopping do Rio no domingo, 29 (Foto: AgNews)

Alimentação e beleza
O profissional explica que o equilíbrio da nutrição pode refletir diretamente na beleza, como no caso da atriz, mas também trabalha no rejuvenescimento do organismo e melhora a qualidade de vida. “Existem elementos na medicina ortomolecular, que eu também chamo de caminhos da nutrologia, que trabalham para aumentar os níveis de colágeno e retardar o processo de envelhecimento muscular”, afirma.
Com esse tratamento, afirma, é possível se sentir de 10 a 15 anos mais jovem, tanto na aparência quanto na disposição. “Quando a pessoa tem 50 anos e fica com cara de mais nova, é prazeroso e satisfatório. Mas sentir esse efeito aos 70 anos, por exemplo, ajuda na liberdade, no bem-estar. Além de deixar a aparência da pele mais bonita, o colágeno age na construção da massa muscular, das proteínas, da matéria óssea”, explica.
Anos de alimentação equilibrada e disciplina nos cuidados com o corpo resultaram na boa forma que pode ser vista na TV. “Gloria é muito disciplinada. O que ela faz no trabalho, faz também na alimentação. Mas acho que o que funciona mesmo é que essa disciplina é pelo prazer de estar bem, para que a vida seja mais leve”, conclui João Curvo.

Prática Ortomolecular
A medicina ortomolecular não é considerada especialidade médica, como cardiologia e endocrinologia, por exemplo, mas pode ser exercida por um médico formado. O princípio dos tratamentos que segue essa filosofia é o de eliminar substâncias que estão em excesso no organismo e repor o que está em falta, seja por meio de alimentação ou fórmulas de cápsulas de vitaminas e minerais. “A ideia é chegar mais próximo dos limites ideais e promover o equilíbrio metabólico”, explica Liliane Oppermann, médica nutróloga que já esteve à frente da Associação Médica Brasileira de Ortomolecular.
Para promover esse equilíbrio, o primeiro passo é fazer uma análise do paciente por meio de exames laboratoriais e questionário relacionado à rotina alimentar e até emocional. “O trabalho é feito para otimizar órgãos de eliminação de toxinas, como rins, fígado e intestino, e repor substancias”, afirma a profissional.

Fonte:


Um comentário:

Carlos Santos disse...

È a dica para todos