segunda-feira, 4 de maio de 2015

Babilônia: Laudo inocenta Beatriz, e Inês é acusada de roubar mala de dinheiro

Beatriz (Gloria Pires) poderá se livrar da acusação de tentativa de homicídio na novela Babilônia, da Globo. O laudo de balística apontará que o disparo que atingiu Inês (Adriana Esteves) não foi feito da arma que a arquiteta tem registrada em seu nome e que foi apreendida pela polícia. Isso promoverá uma reviravolta nas investigações. Beatriz acusará Inês de ter roubado a mala com dinheiro que entregaria a um fornecedor da construtora. Revoltada, a advogada irá procurar a empresária para saber se ela comprou o resultado do laudo e será humilhada. 

 A revelação do laudo pericial da arma de Beatriz será exibida no final do capítulo de sábado (9). A primeira a saber o resultado será Teresa (Fernanda Montenegro). Após a advogada se espantar com o que vai ler no atestado, a cena será cortada e mostrará ela já diante da enteada. "Eu disse que não tinha nada a ver com essa história", afirmará Beatriz. "O laudo só prova que você não atirou com a arma registrada em seu nome", responderá Teresa. 

 Convicta em negar que tenha tentado matar a "amiga", Beatriz fingirá mais uma vez que está indignada com a postura da sua advogada. "Você está me acusando, Teresa?", questionará ela. "Só alertando que você continua nas mãos da polícia", vai ponderar Teresa. 

 Beatriz vai reafirmar a Teresa que a acusação nunca teve cabimento e que se trata de uma vingança de Inês. Ela lembrará a advogada que agora é só a palavra de Inês contra a dela e que não existem provas. "A Inês omitiu que tinha uma mala de dinheiro com ela. Que sumiu! Foi roubo com tentativa de homicídio. Eu te falei dessa mala", comentará a filha de Estela (Nathalia Timberg). 

 Teresa questionará o esquema da entrega do dinheiro a um fornecedor em lugar deserto à noite. Suas perguntas deixarão Beatriz irritada, mas a advogada afirmará que seus questionamentos serão os mesmos que ela terá de responder à delegada. 

 "Eu não cuido de tudo na empresa, sou a presidente. Peguei mais detalhes com o Pedro [André Bankoff] sobre o tal pagamento em espécie, eu tenho o memorando assinado por ele, solicitando a verba. Eu não sabia onde estava a Inês. O Pedro pode testemunhar, se for o caso", avisará a arquiteta. 

Visita esperada


 Teresa sairá da casa da empresária dizendo que vai à delegacia pegar mais detalhes. Assim que ela deixar o local, Inês baterá à porta querendo saber como Beatriz conseguiu se dar bem mais uma vez. "Não sei por que, mas eu achava que você vinha me visitar", debochará a arquiteta ao ver Inês. 

 "A balística deu negativo pra sua arma! Como é que você conseguiu esse laudo fajuto? Me diz! Enrolou a Teresa? Ou comprou direto o perito?", perguntará Inês. 

 Beatriz provocará a advogada afirmando que a ideia de acusá-la foi uma loucura e que ela nunca vai se dar bem. "Você atirou em mim! Quase me matou! Você foi cutucar o meu corpo, e eu me fiz de morta, mas eu te vi", gritará Inês. 

 Beatriz insinuará que foi tudo um pesadelo e que Inês se esqueceu de um detalhe que acontece desde que elas eram adolescentes. "A lei fundamental da nossa amizade. Você perde sempre, eu ganho sempre", vai disparar Beatriz. O capítulo está previsto para terminar com close do rosto de Inês expressando ódio. 

 Porém, o telespectador viu Beatriz atirar em Inês e pegar no carro que ela dirigia a mala com dinheiro. Na última quarta-feira (30), uma cena mostrou a empresária queimando as luvas e o lenço que usou no atendado contra a advogada, mas não foi mostrado o que ela fez com a arma do crime.

Fonte:

Nenhum comentário: