domingo, 15 de maio de 2011

Norma falsifica documento para poder viajar para o Rio

Norma (Gloria Pires) já descobriu que o homem que ela procura se chama Leonardo Brandão (Gabriel Braga Nunes) e que ele mora no Rio de Janeiro. Decidida a iniciar seu plano de vingança, ela resolve deixar Florianópolis. O problema é que a ex-técnica de enfermagem está em liberdade condicional e só pode viajar com autorização judicial. Uma das maneiras de conseguir a tal autorização é conseguindo um emprego no destino da viagem.
Isso não é problema para a nova Norma. Ela lembra que uma prima de Cida (Beth Zalcman) mora no Rio de Janeiro. A amiga informa que a prima já é aposentada e tem um problema de saúde. Norma constata que a prima vai muito ao médico e tem uma ideia. “A sua prima topava contar uma mentirinha pra me ajudar? Posso pagar! É só ela atender o telefone na casa dela e dizer que é do consultório. Se for a assistente social, ela diz que o médico desse consultório me chamou pra trabalhar com ele, fez uma proposta”, diz Norma, contando seu plano. Cida e Jandira (Cristina Galvão) ficam confusas.


Norma combina tudo com a prima de Cida e, em seguida, vai a uma lan house e pede que o atendente faça um papel timbrado com o nome de um médico falso com endereço no Rio de Janeiro. Ela justifica a atitude como sendo uma brincadeira para uma amiga. “Declaro que convidei a técnica de enfermagem Norma Pimentel para o cargo de minha auxiliar, com a remuneração de três salários mínimos”, ela pede que o atendente escreva enquanto oferece a ele 50 reais.
Enquanto Jandira espera que o falso documento fique pronto, Norma vai a uma loja de material de escritório, onde manda fazer um carimbo com o mesmo nome do médico que colocou no documento. De volta à lan house, ela explica a Jandira seu plano: diz que pegou uma receita médica e pediu para que o atendente a copiasse com os dados do falso médico e com o telefone da prima de Cida, no Rio. “É como se fosse ele me oferecendo um emprego. Se ligarem pra confirmar, o telefone é da prima da Cida. Ela vai dizer que é do consultório, que ela é a secretária e que o médico me ofereceu mesmo o emprego”, completa.


Em seguida, Norma liga para a assistente social do presídio e marca uma entrevista para informar sobre seu novo emprego. Quando é recebida, a ex-técnica de enfermagem entrega a falsa declaração e explica como conseguiu a vaga. “Trabalhei muito com esse médico quando ele atendia aqui em Florianópolis. Mudou para o Rio quando casou. Liguei pra ele, expliquei minha situação, ele me ofereceu emprego”, mente. A assistente fica feliz por Norma e diz que tomará as medidas judiciais necessárias para que Norma consiga a autorização para viajar.
Norma sai de lá animada. Sozinha, a assistente social liga para o número que consta na declaração. “Consultório? Eu gostaria de ter uma informação, por favor”, pergunta.


Será que Norma vai conseguir autorização para viajar para o Rio de Janeiro? Não perca essa cena. Ela vai ao ar na segunda-feira, 16 de maio.

Fonte de Pesquisa:

Nenhum comentário: