domingo, 13 de maio de 2012

Gloria Pires comenta sobre a gravação da série 'As Brasileiras' com as filhas


No episódio “A mamãe da Barra”, que vai ao ar na próxima quinta-feira, 17/05, a atriz Gloria Pires contracena com suas filhas mais novas, Ana e Antônia. “Foi muito bom contracenar com a minha mãe. Ela me ajudava quando errava e eu acabava fazendo melhor”, conta a estreante Ana Pires, que revela que sua relação com a mãe é bem diferente da personagem que interpreta. “A Malu trata a mãe muito mal e as duas discordam muito. Na vida real, eu e a minha mãe a gente tem muita proximidade, a gente se ama. Ela é a melhor mãe do mundo”.

Gloria conta que esse é o primeiro trabalho da caçula e confessa que nunca imaginou que a filha iria atuar. “No dia da gravação da abertura, o Daniel me perguntou com quantos anos a Ana estava, e quis saber se ela toparia fazer o episódio comigo. Ao contrário da Antônia e da Cléo, a Ana nunca tinha manifestado nenhuma vontade de participar do mundo artístico. Quando ela disse que topava fazer a Malu, eu fiquei passada. Ela se entregou e curtiu muito. Já a Antônia fez uma participação interpretando a Malu mais velha. Eu me senti homenageada, foi um presentão”, conta a atriz.

Além de Ana e Antônia, a filha mais velha de Gloria também é uma das protagonistas do seriado no episódio “O anjo do Sertão”. “Teve um dia em que eu me encontrei com todas as minhas filhas no set. A Cléo estava gravando um episódio e eu, a Ana e a Antônia estávamos fazendo prova de figurino. Foi um momento especial, fiquei muito emocionada. Eu não sou chorona, mas tem certas coisas que mexem profundamente comigo. A maternidade sempre foi muito forte para mim. Dá muito prazer ver as minhas filhas felizes e fazendo o que elas gostam”.



Quiz completo: Atrizes revelam preferências musicais, literárias e televisivas

Uma música preferida:

GLORIA: Gosto de música clássica, acho que me conecta a um lugar bom. E uma que sempre ouço é “Sonata ao luar”, de Beethoven.
ANTONIA: Eu tenho um milhão de músicas preferidas. No momento, é “Under cover of darkness”, do The Strokes.
ANA: “Whenever”, do Black Eyed Peas.

-Um livro:

GLORIA: “A preparação do ator”, do Stanislavski, mudou minha vida. Sempre via meu pai atuando, sua forma de trabalhar e agir, mas aquele compêndio de informações me deu embasamento.
ANTONIA: “Cartas a um jovem poeta”, de Rainer Maria Rilke.
ANA: Não tenho (“Ela já gostou mais de ler, está numa fase internet”, diz Gloria).

-Um filme: 

GLORIA: “A noviça rebelde”. Eu já assisti mais de 200 vezes e sempre choro. Acho linda essa questão do amor.
ANTONIA: “Romeu e Julieta”, na versão do Baz Luhrmann. Amo a Claire Danes.
ANA: “Never say never”, sobre o Justin Bieber.

-Na TV: 

GLORIA: Documentários e programas sobre a história da arte.
ANTONIA: “Programa do Jô”.
ANA: “Glee”.

Atriz: 

GLORIA: Meryl Streep.
ANTONIA: Penélope Cruz.
ANA: Selena Gomez.

-Papel preferido da mãe: 

ANTONIA: Ela estava divina como Norma, em “Insensato coração”
ANA: No filme “A partilha”, de 2001.

-Gloria, o que cada filho tem de você?
Sabe que eles vivem me perguntando isso? A Cleo tem um lado meu de perseverança. Já a Antonia tem essa viagem lúdica, o momento que decola. Na Aninha, eu sinto um tom ordeiro, um lado introspectivo. Gosto do silêncio e de ficar sozinha. O Bento, como eu, não tem medo de médico, dentista, acupunturista... E tem um gosto por fazer a coisa certa. Tem gente que adora transgredir, burlar as leis. Eu não. Sempre detestei ser chamada à atenção.

Fonte:

Nenhum comentário: