quinta-feira, 31 de maio de 2012

Gloria Pires viverá par romântico com atriz de 'Senhor do Anéis'

'Flores Raras', que começa a ser filmado em 11 de junho, narra o romance da poeta americana Elizabeth Bishop com a arquiteta brasileira Lota Macedo de Soares. Segundo os produtores, homossexualismo afastou patrocinadores privados, segundo os produtores

Rafael Lemos, do Rio de Janeiro


Da esquerda para a direita, Tracy Middendorf , Miranda Otto, o diretor Bruno Barreto, Gloria Pires e Lucy Barreto: 'Flores Raras' será filmado no Rio e em Petrópolis (AgNews)

As atrizes Gloria Pires e Miranda Otto (Senhor dos Anéis e A Guerra dos Mundos) vão formar um par romântico no novo filme do diretor Bruno Barreto, Flores Raras, que começa a ser rodado no próximo dia 11. O filme é baseado no livro Flores Raras e Banalíssimas, de Carmem Lucia de Oliveira, e narra o romance entre duas mulheres com personalidades bem diferentes: a poeta americana Elizabeth Bishop, ganhadora do Prêmio Pulitzer de 1956, e a brasileira Lota de Macedo Soares, idealizadora do Parque do Flamengo, no Rio de Janeiro.
Uma terceira personagem completa o núcleo da trama: Mary, interpretada pela americana Tracy Middendorf. que também foi companheira de Lota, amiga de Bishop e a responsável por apresentá-las. A narrativa gira em torno das três personagens, o que levou os diálogos a serem quase que exclusivamente em inglês. O elenco conta ainda com Treat Williams (o hippie Berger, de 'Hair'), como o poeta americano Robert Lowell, e Marcelo Airoldi, interpretando o governador Carlos Lacerda, grande amigo de Lota.
"Depois do roteiro finalizado, vimos que 98% das falas são em inglês", contou Barreto, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro.
Lota e Elizabeth Bishop viveram juntas entre 1951 e 1965. A história de amor teve um fim trágico, com o suicídio de Lota, em 1967, algum tempo após a separação. Na maior parte do filme, a homossexualidade das protagonistas será tratada de forma sutil. A exceção ficará por conta da cena que retratará a primeira noite de sexo das duas.
"O único momento será essa cena, que marca o encontro das duas. Também não seria correto omitirmos ou evitarmos esse aspecto", disse Barreto, explicando por que o roteiro inicialmente escrito por Carolina Kotscho foi revisto e finalizado pelo americano Matthew Chapman.
Flores Raras terá cenas gravadas no Rio de Janeiro, Pedro Rio (distrito de Petrópolis, na região serrana do Rio), Nova York e Paris. As filmagens acontecem em junho, julho e agosto. Na fase de pós-produção, a tecnologia 3D ajudará o filme a reconstruir a antiga paisagem do Aterro do Flamengo e da Praia de Copacabana.
Inicialmente, o título do longa-mentragem seria 'A arte de perder', homônimo de um dos poemas mais famosos de Bishop. Apesar da mudança, as perdas continuarão sendo o fio central da trama. Idealizado há 17 anos por Lucy Barreto, o projeto seria dirigido pelo filho e diretor Fábio Barreto (O Quatrilho e Lula, o filho do Brasil), inconsciente desde 19 de dezembro de 2009, após sofrer traumatismo craniano num acidente de carro. A missão, então, recaiu sobre o irmão, Bruno Barreto.

Fonte:

Nenhum comentário: