quinta-feira, 21 de abril de 2011

Influenciada por Dostoiévski, Gloria Pires usa travesseiro para matar em novela

da Livraria da Folha


"Insensato Coração" (21h) é mais um capítulo na trajetória profissional da atriz Gloria Pires, que no ano passado lançou sua biografia "40 Anos de Gloria". É óbvio que o livro não traz nada sobre a personagem Norma, presa injustamente por causa de um golpe aplicado pelo namorado vigarista Léo (Gabriel Braga Nunes) no começo da trama.
No próximo dia 25, no capítulo 85, a novela de Gilberto Braga tem grandes chances de bater seu recorde de audiência com as cenas em que Norma vai, finalmente, colocar para fora seu lado sombrio, após leituras de Dostoiévski, Sidney Sheldon e outros autores. Será a oportunidade de Gloria ganhar mais espaço no folhetim, como ocorreu em novelas como "Vale Tudo", um dos maiores sucessos da emissora, segundo o "Guia Ilustrado TV Globo".
Em março, Norma comentou sua inspiração para mudar atitudes ao ler "Crime e Castigo", romance clássico do russo Fiódor Dostoiévski (1821-1881) e "O Outro Lado de Mim" (Record, 2005), de Sidney Sheldon (1917-2007), entre outras obras que despertaram seu sentimento de vingança.
Norma vai matar a vilã Araci (Cristiana Oliveira), que aterroriza a prisão. A arma? Um travesseiro que vai sufocar a tatuada e lésbica assumida, ferida durante uma rebelião na cadeia. A partir desse momento, a personagem de Gloria Pires vai abandonar seu lado boazinha, transformando-se numa justiceira. É Maria de Fátima (a peste que Gloria interpretou em "Vale Tudo") ressuscitando em "Insensato Coração", que recuperou seu ibope após a entrada de Cristiana Oliveira na trama.
A novela melhorou a audiência após a maior agilidade na edição dos capítulos, entrada de novos atores, como Vera Fischer, e mais espaço para diálogos engraçados com Natalie Lamour (Deborah Secco, a "Bruna Surfistinha") e o casal Rafa e Cecília, formado pelos jovens atores Jonatas Faro (em diversas cenas sem camisa) e Giovanna Lancelotti, apontada como pivô da separação do ator com Danielle Winits. As malvadezas de Léo no Rio também elevaram o suspense no folhetim.

Fonte de pesquisa:

Nenhum comentário: