sexta-feira, 9 de agosto de 2013

'Muita emoção', diz Gloria Pires ao ser homenageada em Gramado

Atriz foi a grande estrela da abertura do 41º Festival de Cinema.Além de protagonizar filme de estreia, ela recebeu o Troféu Oscarito.


A atriz Gloria Pires foi a grande estrela da abertura da 41ª edição do Festival de Cinema de Gramado, na noite desta sexta-feira (9). Além de protagonizar o filme de estreia do evento, ela foi homenageada com o Troféu Oscarito, distinção entregue pela organização do festival aos grandes atores e atrizes do cinema brasileiro. Recebeu a homenagem das mãos dos velhos amigos, o casal Luiz Carlos e Lucy Barreto.

"Queria agradecer a curadoria por essa homenagem, e ao primeiro diretor que me dirigiu, Flavio Barreto. É muita emoção. Estou especialmente feliz. Por isso quero oferecer esse troféu ao meu pai, Antônio Carlos", discursou Gloria Pires, emocionada. 


Mais conhecida por seu trabalho na TV, onde apareceu pela primeira vez aos cinco anos de idade, Gloria também tem uma carreira consistente na tela grande. Sua estreia foi em "Índia, a Filha do Sol", em 1981. Atuou também em filmes como "Memórias do Cárcere" (1984), "O Quatrilho" (1995), "A Partilha" (2001) e "O Primo Basílio" (2007), entre outros. Recentemente, a atriz foi sucesso de bilheteria nos dois filmes da série "E Se Eu Fosse Você"

Em Gramado, ela vem promover "Flores Raras", o novo longa de Bruno Barreto, no qual contracena com a atriz australiana Miranda Otto. Baseado em fatos reais, o filme retrata o romance entre a paisagista brasileira Lota de Macedo Soares, interpretada por Gloria, e a escritora norte-americana Elizabeth Bishop, que viveu no Brasil nos anos 50 e 60.








Fonte:
G1
Caras

Nenhum comentário: