terça-feira, 25 de agosto de 2015

Final de Babilônia tem prisão de Beatriz e embate trágico com Inês


Mantidos a sete chaves na Globo, os três últimos capítulos de Babilônia reservam surpresas ao telespectador da novela das nove da Globo. Além da identidade do assassino de Murilo (Bruno Gagliasso), os roteiros de gravação indicam um embate trágico entre Beatriz (Gloria Pires) e Inês (Adriana Esteves), a ser produzido com dublês e técnicos em efeitos especiais em uma pedreira no Rio de Janeiro. Antes disso, Beatriz tentará fugir do Brasil, mas será presa por Regina (Camila Pitanga) e Vinícius (Thiago Fragoso). 

 No capítulo desta quinta-feira (27), a arquiteta será traída por Diogo (Thiago Martins). Ela planejará fugir do país com o amante. Mas o irmão de Regina verá Beatriz entregando uma mala de dinheiro a Osvaldo (Werner Schünemann), como pagamento pelo assassinato de Otávio (Herson Capri), e perceberá que a amada sempre mentiu para ele. O atleta decidirá contar sobre o plano de fuga de Beatriz à irmã e seu namorado. Os dois acionarão a polícia. 

 Na cadeia, Beatriz terá uma nova briga com Inês e chorará ao ver, pela televisão, Diogo ganhando uma medalha em uma competição. Ela irá parar na solitária, mas acabará fugindo da cadeia. Após essa fuga, terá um encontro com Inês em uma pedreira do Rio de Janeiro. Segundo a colunista Carla Bittencourt, do jornal Extra (veículo do Grupo Globo), a cena na pedreira promete um embate com "contornos trágicos" entre as duas vilãs de Babilônia. 

 As gravações na pedreira acontecerão nesta quarta e mobilizarão a equipe de efeitos especiais e dublês, o que sugere que uma delas (ou as duas) poderão cair em uma ribanceira, por exemplo. Ainda de acordo com Carla Bittencourt, Bruno Gagliasso volta aos estúdios nesta quinta para gravar o desfecho da morte de Murilo. A assassina mais provável (e coerente) seria Beatriz.

Fonte:

Nenhum comentário: