terça-feira, 11 de agosto de 2015

Para Gloria Pires, cena de sexo na TV é difícil porque é invasiva

Desde o primeiro capítulo - quando deu origem ao bordão "Não estou disposta" - até o fim - quando se torna uma das principais suspeitas pela morte de Murilo (Bruno Gagliasso) -, Beatriz se manteve como um dos pilares de "Babilônia". E mesmo que o apetite sexual da arquiteta tenha diminuído após a paixão por Diogo (Thiago Martins), a personagem não deixou de usar o corpo como arma para conseguir seus objetivos. 

Escolhendo com cuidado as palavras para se referir à novela, que não correspondeu à expectativa em audiência, Gloria avalia o trabalho como "muito importante" na carreira. E diz que um papel com essa pegada tão sexual teve seus desafios mesmo para ela, aos quase 52 anos de idade (que completa no próximo dia 23) e mais de 40 de profissão. Vale lembrar que insaciável e tarada foram alguns dos adjetivos usados para descrever a vilã a pela própria atriz e pelo autor Gilberto Braga, que elegeu, antes mesmo da estreia, a personagem como um dos destaques da trama.

Gloria Pires é a vilã Beatriz em "Babilônia""Foi difícil porque eu, Gloria, sempre tive muito cuidado com as coisas em televisão. Eu acho, sempre achei, desde quando era novinha, que é diferente de você fazer uma cena de sexo no cinema. Ali você está saindo da sua casa para ir lá e assistir. Quando você esta sendo invadido - tudo bem que está ao seu alcance mudar de canal ou desligar -, quando você recebe na sua casa, tem que ter uma maneira de tratar esse assunto. Para que tanto a criança de 8 anos quanto o idoso de 80 não se sintam constrangidos. Eu como mãe, espectadora, que já fui criança, que já assisti programas junto com meus pais e com a minha avó, acho que é essa a medida", diz, em entrevista ao UOL. 

Alvo da parcela mais conservadora do público por tocar em temas fortes como corrupção, racismo, homofobia e intolerância religiosa, a novela causou muita discussão, o que é avaliado como positivo pela intérprete. "Novela é um material incrível, e tudo que suscita discussão é muito bem-vindo. É sempre bom as pessoas falarem sobre as coisas, porque a gente repensa, revê padrões. Faz parte da evolução da gente, né?", opina. 

Envolvida com as gravações da novela até o dia 28, quando vai ao ar o último capítulo, Gloria diz que não tem nenhuma torcida para o final de Beatriz: ela deixa a responsabilidade nas mãos do trio Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. 

"Realmente não tenho nenhuma expectativa. A personagem foi muito inteira o tempo todo, estou muito feliz com ela. O que eles decidirem vai rolar", afirma a atriz, que em setembro roda uma participação num longa-metragem antes de entrar de férias. "Até o fim do ano fico livre para curtir minha família", conta ela, que lança o filme "Linda de Morrer" na próxima semana, ao lado da filha Antonia Morais.

Fonte:

Um comentário:

aquila priscila santos disse...

GLORINHA sempre cuidadosas com as palavras, MARAVILHOSA ESSA MULHER ME SURPREENDE CADA MINUTO EU AMO DEMAIS COMO ATRIZ E COMO PESSOA. PARA MIM ELA É MINHA RAINHA EM QUE ME REANIMA TODOS OS DIAS... AMO , AMO, AMO SEM TER UMA EXPLICAÇÃO <3!