sexta-feira, 17 de junho de 2011

Gloria Pires se assusta com a torcida do público pelas maldades de Norma

Carla Bittencourt

Por essa Gloria Pires não esperava. A fria e calculista Norma, que tinha tudo para ser mais um clássico na galeria de vilãs da atriz, virou o jogo e ganhou o apoio do público em seu plano de vingança contra Léo (Gabriel Braga Nunes). Para os telespectadores, vale tudo.
— O que mais escuto é frases como "É isso aí, você tem mesmo que fazer umas maldades com aquele canalha". Eu curto, acho engraçadíssimo. E o mais curioso é que ela não é nada correta — admite Gloria, que se espantou com tanta torcida nas ruas.
Quem espia uma cena isolada de Norma pode até não suspeitar de suas intenções. Mas é só acompanhar a trama para ver que ela mata sem dó, rouba, engana pessoas de boa índole e tem um fiel capanga que não fica atrás nas crueldades da ex-enfermeira.
Tudo isso parece não ser tão grave para o público. Numa pesquisa realizada pelo Extra Online, 60% dos leitores torcem para que a personagem se dê bem (foram 686 votos).
— Norma foi vítima da maldade extrema do Léo. Não a considero vilã, e sim uma justiceira — defende Gilberto Braga: — Eu mesmo torço por ela.
Ricardo Linhares, autor da novela com Gilberto, diz que tamanho apoio se explica pela identificação do espectador com o drama de Norma:
— Ouvi várias histórias assim. Relatos de golpes parecidos envolvendo uma prima, uma tia, uma vizinha. Acredito que muita gente tenha se projetado no lugar de Norma e passado a torcer pelo seu destino. Quando um personagem gera tanta empatia, os deslizes que ele comete costumam ser perdoados.

Fonte de pesquisa:

Nenhum comentário: